Acessibilidade
Contraste

26 de fevereiro de 2021

Mais dois potiguares se preparam para estudar na Escola Sesc do Ensino Médio

Estudantes e concluinte participaram de almoço com gestores do Sesc RN

Os aprovados potiguares na Escola Sesc de Ensino Médio (ESEM), Anna Letícia Bezerra Fernandes e Breno Felipe de Medeiros, estão contando os dias para iniciar o ano letivo 2021. Nesta sexta-feira, 26, eles foram convidados para almoçar com o concluinte norte-rio-grandense de 2020, Jhonantan Lucena, e gestores do Sesc RN.

Anna Letícia e Breno, ambos de Caicó, a 280 quilômetros de Natal, vão embarcar para o Rio de Janeiro assim que as aulas presenciais tiverem início. Devido à pandemia, da Covid-19, as aulas começam em março em formato a distância.

O diretor regional do Sesc, Fernando Virgilio, desejou boa sorte ao aprovados e parabenizou o concluinte pelo retorno, ressaltando a qualidade do ensino da ESEM que é reconhecido em todo o Brasil. “Sabemos à importância da ESEM na vida do potiguar. O dia de hoje é de alegria para o Sesc. Esses jovens têm um peso enorme a partir de agora, pois são uma referência para muitos outros, sobretudo para o Seridó. Espero que aproveitem a experiência e a prática educacional que terão acesso, trazendo de volta essa formação no futuro. Aos pais deixamos a mensagem de confiança, que os filhos estão indo para uma instituição séria”, disse.

A aprovada Anna Letícia, 15 anos, que obteve a 11ª primeira melhor nota nacional, afirmou que ainda assimila a informação, contudo, acredita que a aprovação fará diferença em seu futuro educacional e profissional. “Eu sempre quis ser médica e espero que esta experiência me dê base para concretizar o sonho. A ficha ainda não caiu, mas tenho boas expectativas”, comentou.

Já Breno Felipe, 15 anos, falou sobre sua vivência como aluno do Sesc RN. “Tenho muito a agradecer a escola Sesc Seridó. Recebi apoio da equipe pedagógica e hoje sou uma pessoa melhor. Nunca achei que eu, um menino do interior, de Caicó, iria estudar em uma escola como a ESEM. Meu sonho sempre foi ser médico. Hoje eu me olho e tenho ainda mais certeza porque acredito na Escola Sesc”, afirmou.

Convidado no almoço para trocar experiência com os novatos, o concluinte Jhonatan Lucena relatou ter sido aprovado para cursar em 2018 e desde então passou por uma transformação cultural e educacional. “O maior desafio foi a saudade e o psicológico, mas fui bem acolhido e inserido em um projeto de inteligência emocional. Digo aos novatos que são sortudos e afirmo que não vão se arrepender. O Sesc é Sobre ser família e vivenciei isso lá na ESEM, junto de outros estudantes”, detalhou.

O encontro dos aprovados com o concluinte seguiu os protocolos de biossegurança, como distanciamento mínimo, uso de máscaras, entre outras medidas.

A Escola Sesc de Ensino Médio

A Escola Sesc de Ensino Médio é um projeto pioneiro na área de Educação, localizada no Rio de Janeiro, e funciona em um formato de residência gratuita, referência no Brasil. Tem capacidade para atender 500 estudantes, oriundos de todo o País, nas três séries do Ensino Médio, que moram nas vilas residenciais, junto com professores e gestores.  As turmas têm no máximo 15 alunos com idades entre 13 e 18 anos que recebem todo o suporte acadêmico, com sólida formação em inglês, espanhol e tecnologia, atividades artísticas, culturais e esportivas, além de intercâmbio com escolas norte-americanas. Desde 2008, o Rio Grande do Norte enviou 53 jovens para a ESEM.

Veja outras notícias