Acessibilidade
Contraste

18 de novembro de 2021

Escola Sesc conclui capacitação do Programa Nacional de Educação Empreendedora

Convênio com o Sebrae permitiu que ao longo do ano o conteúdo fosse abordado dentro do calendário escolar e com envolvimento de 2.056 estudantes e mais de 100 professores e gestores

Os alunos, professores e gestores das Escolas Sesc RN concluíram, em novembro deste ano, a capacitação do Programa Nacional de Educação Empreendedora, uma parceria entre o Sistema Fecomércio RN e o Sebrae RN, firmada no primeiro semestre deste ano.

O objetivo era levar para o ambiente escolar e aos seus atores o desenvolvimento da cultura empreendedora, principalmente aos 2.056 estudantes matriculados na Educação Infantil, Ensino Fundamental, Criar Sesc e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Por meio do convênio, as escolas puderam promover treinamentos e formação a todos e capacitação profissional 109 colaboradores, entre professores, coordenadores e diretores.

As etapas começaram em julho e culminaram com eventos no mês de outubro, que marcaram o encerramento, antes do reconhecimento da direção regional do Sesc RN, em novembro, finalizando a capacitação.

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, destacou a amplitude do conhecimento ofertado tanto aos estudantes como aos colaboradores. “Toda a comunidade escolar foi envolvida, cada um com um grau diferente de complexidade que o tema exige e alinhado a sua realidade, conseguindo aplicar princípios da cultura empreendedora que certamente irão contribuir com uma nova postura para os beneficiados”, comentou.

Na capacitação, os professores foram orientados a levar para dentro da sala de aula o conteúdo abordado em carga horária de até 12 horas, aplicando de maneira didática junto aos estudantes. Em etapa seguinte, eles continuaram o trabalho com a mentoria, tirado dúvidas e se preparando para aplicar mais diretamente, planejando projetos que seriam expostos.

Cada ano de ensino ficou com uma temática, embasada nos pilares educacionais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), sobretudo “em aprender, conhecer, fazer, viver e ser”. Os inscritos do EJA foram além, pois tiveram apoio em projetos inovadores e voltados para a sustentabilidade ambiental.

 

Veja outras notícias